Novembro Azul – Mês de prevenção do câncer de próstata

Novembro Azul

Mês de prevenção do câncer de próstata

O Novembro Azul é um movimento de conscientização sobre o câncer de próstata. Esse movimento teve início em 2003, na Austrália, aproveitando as comemorações do Dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata, celebrado no dia 17 de novembro. No Brasil, a campanha chegou por intermédio do Instituto Lado a Lado pela Vida a fim de vencer o preconceito pelo lado dos homens, com relação ao exame de toque.

O câncer de próstata é o mais comum entre os homens, após os tumores de pele. Esse tipo de tumor pode demorar a se manifestar, portanto, é importante a realização constante de exames preventivos a fim de que a descoberta não seja feita com o tumor já em estágio avançado. Sintomas como dores nas costas, nas pernas e nos quadris podem surgir em função da disseminação da doença.

Dessa forma, homens a partir dos 45 anos, com fatores de riscos, ou com 50 anos, sem fatores de risco, devem ir ao urologista anualmente para fazer os exames de avaliação da glândula.

Os principais sintomas são:

  • Vontade constante de urinar
  • Dores ao urinar
  • Presença de sangue na urina e/ou no sêmen
  • Dores ósseas

A ausência de sintomas não garante que esteja tudo bem. Na fase inicial, o câncer de próstata não apresenta sintomas. Quando alguns deles vêm à tona, cerca de 95% dos tumores encontram-se em fase avançada.

Entre os fatores de risco estão:

  • Histórico de câncer de próstata na família (pai e irmãos)
  • Etnia negra (os homens negros têm maior incidência desse câncer)
  • Obesidade
  • Alimentação inadequada
  • Sedentarismo

Os exames de rastreamento, que são a dosagem do PSA e o toque retal, possibilitam que o diagnóstico precoce seja feito. Mas nem sempre a alteração do nível do PSA indica câncer. A dosagem pode variar por outros motivos como hiperplasia benigna da próstata, prostatite, infecção urinária… Por isso, o homem deve fazer o toque retal também.

Felizmente, quando a doença é detectada em fase inicial, a chance de cura ultrapassa os 90%. Além de salvar vidas, a detecção precoce permite recuperar a alegria e a autoestima dos homens, assim como o bem estar da família.

Gostou do artigo? Compartilhe com seus amigos e familiares. O diagnóstico precoce do câncer de próstata aumenta as chances de cura.

Inscreva-se e faça parte de nossa lista vip! Você receberá conteúdos em primeira mão.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *