O outubro rosa busca a conscientização das mulheres a respeito da importância da prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama

O Outubro Rosa busca a conscientização das mulheres a respeito da importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama.

O câncer de mama é o tipo de câncer mais comum entre as mulheres no mundo e no Brasil. É uma doença causada pela multiplicação de células anormais da mama, que desenvolve o tumor. Há vários tipos de câncer de mama, alguns têm desenvolvimento rápido enquanto outros são mais lentos. Existem vários fatores que podem aumentar o risco de desenvolver a doença, como: endócrinos/história reprodutiva, fatores comportamentais/ ambientais e fatores genéticos/ hereditários.
O mês de outubro traz consigo a campanha de conscientização Outubro Rosa, que busca alertar as mulheres a respeito da importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama.

SINAIS E SINTOMAS

É de suma importância que as mulheres observem suas mamas sempre que se sentirem confortáveis para tal, por exemplo durante o banho ou no momento da troca de roupa. Os principais sintomas e sinais do câncer de mama são:
• Caroço (nódulo) fixo, endurecido e, geralmente, indolor;
• Pele da mama avermelhada, retraída ou parecida com casca de
laranja;
• Alterações no bico do peito (mamilo);
• Pequenos nódulos na região embaixo dos braços (axilas) ou no
pescoço;
• Saída espontânea de líquido dos mamilos
Ao indicarem alterações persistentes nas mamas deve-se procurar imediatamente um serviço para avaliação diagnóstica.

DETECÇÃO PRECOCE

Em grande parte dos casos o câncer de mama pode ser detectado em fases iniciais, aumentando assim as chances de tratamento e cura.
Além de estar atenta ao seu corpo, também é recomendado que mulheres de 50 a 69 anos façam uma mamografia de rastreamento, isto é, quando não há sinais nem sintomas, a cada dois anos. Esse exame pode ajudar a identificar o câncer antes do surgimento dos sintomas. Já a mamografia é uma radiografia das mamas feita por um equipamento de raios X chamado mamógrafo, capaz de identificar alterações suspeitas.
Mulheres que tenham risco elevado para câncer de mama devem conversar com seu médico para avaliação e decidir a conduta a ser adotada.

PREVENÇÃO

De modo geral, a prevenção baseia-se no controle dos fatores de risco e no estímulo aos fatores protetores com a adoção de hábitos saudáveis como:

• Praticar atividade física regularmente;
• Alimentar-se de forma saudável;
• Manter o peso corporal adequado;
• Evitar o consumo de bebidas alcoólicas;

DIAGNÓSTICO E INFORMAÇÕES

Após o diagnóstico de um câncer ocorrem muitas dúvidas, medos e incertezas. Considerada por muitos pacientes uma forte aliada, a informação é imprescindível em todos os momentos após o diagnóstico. Manter-se informada é fundamental para que a mulher se sinta segura para que possa tomar todas suas decisões, conversar sobre seu tratamento, efeitos colaterais e, até mesmo questionar quando for preciso.
Essas informações são variadas podendo vim de sites na internet, livros, outros pacientes e família. Entretanto, vale ressaltar que existem pacientes que preferem não se aprofundar sobre o câncer e nesta situação é preciso respeitar cada pessoa e seus limites.

ADAPTAR-SE ÁS MUDANÇAS

Entre o diagnóstico do câncer e durante o tratamento, pode ser que a mulher tenha que fazer uma série de adaptações para fazer e vivenciar. É bastante

comum, que durante o tratamento de um câncer a paciente precise parar de trabalhar por este período. Essa mudança pode influenciar todos os aspectos da sua vida sendo eles o financeiro, social, familiar e pessoal.
Veja algumas dicas que podem ajudar:
Conversar com sua esposa ou marido sobre essas mudanças e decisões que precisam ser acertadas;
Conversar com a família, sobre esse processo de mudança e as novas funções de cada um;
Pedir e aceitar ajuda para tarefas cotidianas.
Caso a mulher não consiga se adaptar as mudanças, o melhor é que se procure ajuda de um profissional de psicologia para ajudá-la durante este processo.
O site do Ministério da Saúde e o INCA – Instituto Nacional do Câncer disponibilizam uma cartilha com todas as informações e orientações sobre o câncer de mama.
Gostou do artigo? A prevenção e informações sobre câncer de mama é de grande importância para as mulheres. Compartilhe o artigo com suas amigas, tias, irmãs, vizinhas…

E para saber mais, deixe seu e-mail e receba sempre dicas sobre saúde e bem estar.

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *